Monthly Archives: fevereiro 2021

A cerveja e seu treino. Combinam?
      │     23 de fevereiro de 2021   │     16:25  │  0

A conscientização por uma alimentação mais saudável aumentou nos últimos anos, e com isso alguns hábitos estão passando por mudanças. Na última pesquisa realizada pelo IBGE, foi mostrado que houve uma pequena queda no consumo de cerveja no Brasil, porém, os brasileiros ainda consomem 51% da cerveja fabricada no país.

Mas a pergunta é: “Tomar cerveja, faz mal para quem prática atividade física? “

A resposta para está pergunta, dependerá de dois fatores, a quantidade ingerida e a rotina que isso acontece na vida dos cidadãos.

Não podemos negar que a cerveja é uma paixão nacional e não podemos crucificar algo que há anos se tornou um costume normal na cultura brasileira.

Estudos sérios foram feitos em cima deste tema e um deles mostrou que o consumo controlado não interfere no rendimento em determinadas atividades físicas, ou seja, mesmo consumindo o álcool em questão, você ainda manterá seu condicionamento cardiorrespiratório e também a força muscular.

Quando o indivíduo combina um plano de treinamento a um plano alimentar, que inclui o consumo da cerveja específico para cada indivíduo, além de não fazer mal, trará benefícios. Isso mesmo!

Em estudos preliminares, a cerveja mostrou ter os mesmos benefícios, por exemplo, que tem a ingestão de vinho, trazendo efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes no organismo.

Por outro lado, o excesso do consumo de cerveja pode afetar diretamente na manutenção do resultado de um músculo treinado, isso porque a cerveja diminui a síntese proteica, já que reduz os níveis de testosterona e aumenta a produção de estrogênios.

Outra fonte observada como a revista científica Annaals Of Nutrition and Metabolism, fala que tomar aquela cervejinha de leve faz bem, ela desenvolve imunidade através do levedo que após o processo de fermentação é capaz de ativar um grupo de células de defesa do organismo (macrófagos).

O segredo e a meta continuam sendo a busca pelo equilíbrio. Eu não sou adepto de retirar todos os prazeres da vida para se manter um corpo supostamente perfeito e deixar de celebrar a vida com amigos e familiares, porém, tudo na vida feito em excesso será prejudicial.

Organize bem a sua dieta com um nutricionista da sua confiança, planeje com seu professor de educação física um plano de treino contendo treino de força e aeróbico e abuse do consumo de água diariamente e também antes, durante e depois do consumo da cerveja.

Assim, quando chegar o final de semana, você poderá consumir algumas doses de cerveja, sem se preocupar.
Aproveite e cuide-se!

>Link  

Treine no carnaval!
      │     13 de fevereiro de 2021   │     9:04  │  0

Com certeza, será o carnaval mais diferente que teremos nas últimas décadas. Nesse momento, grandes festas como: Desfile de Escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo, o Carnaval de Salvador e o Galo da Madrugada em Recife estariam embelezando as cidades, fazendo as pessoas felizes e ocupando as telas das TV’s de muitas pessoas em casa, mas todas foram canceladas, em virtude da pandemia que nos assola.

Eu fiz uma pesquisa rápida entre os alunos dentro da academia e deu empate técnico, entre os que queriam viajar ou ficar em casa nesses próximos dias. O que foi unanime é a vontade de que todos querem e precisam descansar, além de aproveitar a família.

Pensando naquelas pessoas que gostam de treinar em qualquer época do ano, seja viajando ou ficando em casa, eu preparei uma sequência de exercícios fáceis e rápidos para que os apaixonados por atividade física consigam treinar, suar, sorrir e manter a saúde em dia. Vamos lá?!

– Exercícios de mobilidade (instrução em meus “destaques” no instagram: @edulobato)

– Polichinelos = 100 repetições

– Agachamentos = 80 repetições

– Abdominais completos = 60 repetições

– Afundos = 40 repetições

– Flexões de braço = 20 repetições

Para:

– iniciantes = metade das repetições propostas

– intermediários = o combinado 1 vez

– avançados = o combinado 2 vezes

Será muito mais legal se você envolver e convidar amigos e familiares para treinarem juntos. Sugiro que vocês abusem da água e usem roupas leves. E claro, muita energia positiva para usar os exercícios como combustível para que retornemos após o feriado prontos para nossa rotina diária.

Um ótimo carnaval a todos!

>Link  

O que te faz NÃO emagrecer!
      │     9 de fevereiro de 2021   │     11:16  │  0

Sem dúvida alguma o emagrecimento é o desejo mais procurado nas academias mundiais e, isso se deve a um dos fatores onde a cada dia que passa as pessoas se tornam mais sedentárias e obesas.

A nossa sociedade com toda a modernidade tecnológica está  em um processo contrário quando o assunto é saúde e, isso é mostrado em dados recentes em pesquisas. A OMS mostrou que 70% da população mundial é sedentária e projeta que em 2025 teremos no mundo cerca de 2,3 bilhões de pessoas acima do peso, sendo 700 milhões com obesidade.

Quando a pessoa acorda e percebe que precisa emagrecer por inúmeros motivos, vem outra característica marcante na sociedade atual, o excesso de ansiedade.

Existe uma grande parcela de pessoas que entram na academia quer resultados imediatos e milagrosos e pensando neste ponto, eu trago para vocês 3 características que farão você NÃO emagrecer:

1 – auto-medicação – além de ser ilegal a utilização de medicamentos sem prescrição médica, você corre um grande risco de acontecer o efeito contrário daquilo que você deseja. Os hormônios podem ficar desregulados e com uma pré-disposição não observada, você estará vulnerável a irritabilidade, depressão e até mesmo a problemas cardíacos.

2 – parar de comer – talvez seja a primeiro pensamento que passa na cabeça de uma pessoa quando quer emagrecer rapidamente. Quando você para de comer, você faz com que o organismo produza substâncias tóxicas e eleve o nível de gordura e colesterol na corrente sanguínea. Somado a isso, o metabolismo diminui o ritmo fazendo que a perda de gordura seja quase nula.

3 – treinos sem intensidade – estar na academia durante 2 horas não será sinônimo de resultado garantido. Você tem que estar focado(a) nos exercícios corretos, com descanso entre as séries de forma consciente e controlar o esforço através da sua percepção de esforço ou por um frequencímetro fará com que o resultado desejado seja alcançado. Aqui é importante salientar que somente um Profissional de Educação Física poderá fazer essa prescrição para você!

Essa tríade (saúde, alimentação e treino) fará com que você tenha seus resultados tão esperados. O equilíbrio é tudo na vida de qualquer pessoa e quando você encontra o ponto de equilíbrio tudo se torna mais fácil e eficaz!

>Link  

A dor é normal. Treine!
      │     7 de fevereiro de 2021   │     9:53  │  1

Quem nunca fez promessas depois das festas nos finais de cada ano? Após esse período, inúmeras pessoas colocam em suas agendas que irão começar um novo projeto fitness e, por incrível que pareça, muitos projetos de uma vida mais saudável acaba já nos primeiros meses ou até mesmo em semanas. Isso porque as pessoas, ao entrar em algum centro de atividade física, sentem vários desconfortos ou dores após os exercícios físicos, conhecida tecnicamente como dor muscular tardia (DMT).

  A partir do tal desconforto determinam em suas cabeças que só voltarão as atividades depois que as dores cessarem e somado a isso, com a correria do dia a dia, os intervalos entre as sessões aumentam e acontece o abandono.

Em meados da década de 1960, o cirurgião norte-americano Maaxwell Maltz observou que seus pacientes levavam cerca de 21 dias para assimilar os benefícios e mudanças do procedimento. Esse é o período necessário para que o cérebro torne este novo hábito em um padrão e passe a realizar a tarefa com menos esforço, ou seja, a continuidade na prática dos exercícios físicos precisa acontecer.

As dores iniciais pós exercícios, são normais, pois quando a pessoa inicia uma nova rotina de treinos o músculo sofre novos estímulos acontecendo as microlesões. Esse processo criará novas fibras, além deixar as já existentes maiores e mais resistentes e o condicionamento evolua. Após 4 a 6 horas, as dores musculares começam a existir e tem um pico mais ou menos 24 horas depois do estímulo. Inevitavelmente, essas dores irão começar a diminuir até normalizar naturalmente em um prazo de 72 horas. As dores podem durar até 10 dias, podendo ser mais branda ou acentuada, por isso se faz necessário a orientação do profissional de Educação Física para que, a partir desse ponto, mesmo com a dor muscular tardia, você realize exercícios aeróbicos de baixa intensidade com o intuito de promover o aumento do fluxo sanguíneo nos músculos afetados e possa acontecer a evolução.

Você pode me perguntar: como saberei que a dor é normal? Ai está o ponto X da questão: Quando existe um planejamento de treino adequado para você, as coisas ficam mais claras. A periodização bem feita faz com que você esteja seguro sempre. Minha sugestão, não pule etapas, utilize cargas e intensidades progressivas.

Toda evolução na vida de um cidadão leva tempo e empenho, no esporte e na atividade física não é diferente. Busque uma modalidade que você se identifique, assim quando acontecer algo desconfortável, esse fato não será um agente desmotivador e, sim um impulsionador para sua vitória pessoal.

>Link  

O lugar dos seus avós é na musculação!
      │     3 de fevereiro de 2021   │     6:30  │  0

De acordo com pesquisas recentes, nos últimos anos, o número de idosos no mundo aumentou consideravelmente. Para que tenhamos pessoas saudáveis na terceira idade devemos cuidar do corpo e mente e, por isso, aqui vai a minha sugestão: “Introduza a prática de atividade física com foco na musculação, pois assim podemos aumentar a qualidade de vida e reduzir as perdas funcionais do corpo (algo que acontece natural mente com o envelhecimento)”.

Exercícios resistidos para pessoas destas faixas etárias reduzem as chances ou diminuem os efeitos de doenças como: artrite, diabetes, osteoporose, obesidade e depressão, além de, da diminuição de massa muscular. Com o treinamento de força pode ocorrer um aumento de até 20% na taxa metabólica, que deixará o músculo mais forte e irrigado, enquanto a gordura armazenada usará pouca energia.

Outro ponto que encontramos é que ligamentos e tendões também serão beneficiados no momento do descanso entre as sessões de treino. Com músculos e articulações mais fortes, provenientes do treino de musculação, haverá um maior equilíbrio e flexibilidade, diminuindo muito o número de quedas. Dados mostrados em um estudo feito na Nova Zelândia mostra claramente esta estratégia onde mulheres de 80 anos de idade conseguiram reduzir em até 40% as quedas com o treinamento de força.

Todos esses benefícios fazem com que nossos pais e avós se tornem mais felizes e mais independentes nas tarefas diárias. A autoestima e autoconfiança, outros benefícios, são notadas com pouco tempo após o início dos treinos na musculação.

Promova um ambiente saudável e com o convívio de outras pessoas, isso fará com que a socialização aconteça e as novas amizades os incentivará a se exercitarem todos os dias.

>Link